quarta-feira, 22 de julho de 2015

Metroid Prime: Federation Force – Produtor diz que esperava reações negativas dos fãs


A reação negativa ao Metroid Prime: Federation Force foi completamente esperada pelo produto da série Kensuke Tanabe.

Tanabe falou no Canadian Gaming Magazine (CGMag Online) que já tinha em mente que os fãs reagiriam de forma negativa quando descobrissem que “Samus não era o verdadeiro jogador“.
O que talvez ele não esperasse foi uma petição com mais de 22 mil assinaturas, pedindo pelo cancelamento do jogo.

“O que eu vejo acontecer é uma vez  que o jogadores tiverem experienciado o jogo, eles serão capazes de entender e experimentar o que o jogo representa realmente e o que o universo e a atmosfera de Metroid Prime está lá“, disse ele.

“Eles vão entender definitivamente a diferente perspectiva que nós estamos tomando aqui e certamente fará diferença quando você tiver alguma experiência com o game“
Durante a E3 2015, o produtor disse que aqueles que estão ansiosos para um Metroid Prime adequado, deverão esperar o sistema NX da Nintendo. Isso porque o desenvolvimento começou no Wii U e levaria cerca de três ou mais anos para que o projeto seja concluído.

Metroid Prime: Federation Force foca na série Galactic Federation e apresentará missões co-op com 4 jogadores e uma estrutura baseada em objetivos. O game tem lançamento previsto para 2016.

Eu penso da seguinte maneira – O acesso da informação hoje é fácil, rápido e barato. Se o produtor achava que teria reações negativas sobre o jogo, ele escolhe a E3, a maior feira de games do mundo, onde todos estão com os olhos voltados? Não faz sentido algum! Lance rumores, vazamentos, ou anuncie oficialmente, enfim, milhões de estratégias poderiam ter evitado essa imagem ruim que o game deixou e que incrivelmente era esperado.

Outra coisa é certa: Como disse o nosso amigo do Podcast Super Amiibos, João Luiz, se a Nintendo tivesse ao menos anunciado um outro Metroid com as características tradicionais, o Federation Force seria melhor recebido.

Fonte: comboinfinito
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário