segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Top 5: Piadinhas que ficaram de fora de Deadpool



Além de já ter feito um estouro nas bilheterias, Deadpool pode ser considerado um dos filmes mais zoeiros do ano. Afinal, é protagonizado pelo Mercenário Tagarela, que é vivido pelo real alter-ego do personagem: Ryan Reynolds.

Com tantas piadas e referências - que deixariam o Capitão América louco (entendedores entenderão) -, muitas delas improvisadas na hora por Reynolds, pelos demais atores e até pelo diretor, não é de se espantar que algumas delas ficariam de fora da edição final do filme.

Curioso para saber quais são elas? Os roteiristas Paul Wernick e Rhett Reese contaram ao Entertainment Weekly algumas das piadas que ficaram de fora do longa e o AdoroCinema separou cinco delas. Confira abaixo e conte para a gente: qual você gostaria de ter visto nas telonas?

Mas atenção: se você ainda não assistiu ao filme, CUIDADO COM SPOILERS.

5. "Você vai me deixar aqui com uma Rosie O'Donnell menos brava?"


No longa, Wade Wilson (Ryan Reynolds) compara a vilã Angel Dust (a ex-lutadora de MMA, Gina Carano) à Rosie O'Donnel. Só que a atriz quase perdeu essa menção (des)honrosa. Isso porque foram considerados quinze outros nomes para a cena, incluindo Kevin Sorbo; o jogador de baseball Jose Canseco; "Louise Ferrigno" (uma versão feminina de Lou Ferrigno) e o cantor Busta Rhymes. De acordo com o roteirista do filme, Rhett Reese, durante toda a filmagem dessa cena - que foi feita à noite -, a equipe ficava entrando no set e sussurrando nomes no ouvido de Reynolds. "Minha escolha preferida era Criss Angel, o ilusionista", afirmou Reese. Segundo ele, foi uma diversão eterna para todos - exceto para a pessoa no foco da piada. "Deus abençoe Gina Carano por levar tudo na esportiva. Chyna, a lutadora profissional, foi um dos nomes, e Gina, com sua experiência em MMA, achou essa particularmente difícil de aceitar".

4. O passado obscuro de Deadpool

Uma das melhores falas do filme é quando Wade Wilson faz referência a um dos seus itens mais valiosos. A princípio, achamos que ele está falando do boneco que se parece com o seu personagem em X-Men Origens: Wolverine (um Deadpool com boca costurada, garras do tamanho de espadas e soltando lasers pelos olhos), até que descobrimos que ele está de fato comentando sobre o seu álbum da dupla Wham!. Originalmente, o monólogo continuava e o personagem dizia o que realmente achava do brinquedo: "Isso? Isso é a maior m**** da história da humanidade". Só que o diretor Tim Miller não achou que fosse realmente necessário fazer outra piada com o filme do Wolverine, pois o momento já estava engraçado o suficiente. Mas, pelo o fracasso que foi o longa-metragem, os fãs não iriam se incomodar com mais uma zoação, né?

3. Batendo em capangas

Na cena final de batalha, Wade Wilson se livra facilmente dos capangas de Ajax (Ed Skrein). Muitos deles perdem membros pelas katanas do anti-herói. Entretanto, um deles, pelo menos,.com/noticias/filmes/noticia-119381/ tem um braço sobrando. Originalmente, a cena trazia um dos soldados agarrando o protagonista pelo tornozelo. O mercenário consegue evitar o golpe, chuta o cara na cabeça e diz: "Seu plano para me fazer tropeçar até a morte... falhou". Só que a tomada não foi aproveitada porque os cineastas queriam diminuir as gracinhas nessa sequência para se focar no enredo. De certa forma, provaria, novamente, o bom humor do personagem: mesmo lutando pela sua vida e pelo amor da sua vida, Deadpool não perde a piada.

2. O herói verde da DC

Na cena da auto-estrada, Colossus (Andre Tricoteux) oferece a Deadpool a chance de se juntar aos X-Men e ser um super-herói. Só que o Mercenário Tagarela aproveita a oportunidade para dizer algumas palavras sobre sua experiência de ser oferecido o cargo de herói em Lanterna Verde, que também foi estrelado por Reynolds: "Não é a primeira vez que alguém me faz essa oferta. E parece ótimo. Só que depois que você descobre que não tem roteiro, eles estão tentando atingir uma data de estreia inalcançável e o super-traje vai parecer que pertence a um desenho animado das manhãs de sábado". Wernick explica que foi essencial para o filme falar de Lanterna Verde, mas os criadores tiveram cuidado em não exagerar nas piadas, mas tinham receio que isso fosse interferir no ritmo do filme. "Deadpool é um esquizofrênico linguarudo, mas tivemos cuidado em espalhar as referências. Tim Miller disse que quando Ryan [Reynolds] fazia graça do Lanterna Verde, era quase como terapia para ele."

1. De abacates e abacates mais velhos ainda

Quando Weasel (T.J. Miller) diz para Wade Wilson como sua aparência estava depois que os genes mutantes se ativaram, ele faz referência a abacates transando e ao mapa topográfico de Utah. E tudo na base do improviso. Acontece que Miller curtiu tanto fazer a cena que criou falas que era ofensivas até para o diretor, Tim Miller. Uma delas, no entanto, faria sentido perfeitamente, olha só: "Parece que Shrek defecou nos seus ombros". Agora já era. Você não vai mais conseguir assistir a animação do ogro mais famoso do cinema sem pensar em Deadpool.

Fonte: Adorocinema
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário