quinta-feira, 30 de junho de 2016

Chefe da Oculus entra para lista de CEOs que tiveram conta no Twitter invadida

Brendan Iribe(Foto: Reprodução/eVRydayVR)

Aconteceu de novo: mais um CEO teve sua conta no Twitter invadida. Só que, ao contrário do que aconteceu com gente como Mark Zuckerberg (Facebook), Dick Costolo (Twitter), Daniel Ek (Spotify) e Sundar Pichai (Google), a pessoa que atacou o chefão da Oculus, Brendan Iribe, não parece ter feito isso para alertá-lo sobre a fragilidade da sua segurança pessoal.

Pelo menos até as 5h33 o perfil de Iribe ainda estava em poder de terceiros. Aparentemente quem tomou o acesso foi o usuário @Lid, que aproveitou o momento para se autoproclamar novo CEO da Oculus.

Entre as várias mensagens que postou em nome do executivo, uma dizia respeito à forma como ele obteve acesso à conta, criticando Iribe por ter desenvolvido um dos produtos mais inovadores da atualidade e não se preocupar em trocar de senha por quatro anos. Em outro post, @Lid critica o TechCrunch, que noticiou o ocorrido.


Nos últimos dias vários CEOs tiveram suas contas no Twitter comprometidas, quase sempre após hackers conseguirem acesso a outros serviços que tinham permissão para postar na rede de microblogs. Todas as ações, porém, vinham sendo tomadas pelo OurMine, um grupo que pretende oferecer soluções de segurança.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário