sexta-feira, 17 de junho de 2016

Realidade virtual: tudo o que você precisa saber

A E3 2016 serviu para mostrar que a realidade virtual chegou para ficar com quase todas as conferências dedicando minutos para o assunto e diversos jogos sendo anunciados. Sendo um investimento caro e com três grandes marcas disputando seu suado dinheiro, é fácil acabar recuando e perdendo essa nova tecnologia, por isso nós do Omelete explicamos um pouco melhor cada uma das opções abaixo:

Oculus Rift



O grande responsável por trazer realidade virtual de volta à ativa. Criado em 2012 pela Oculus VR através de um Kickstarter de sucesso, o dispositivo já teve algumas versões de teste que ajudaram a refinar a tecnologia e implementar suporte em jogos existentes.

Em razão dessas versões anteriores, o aparelho também traz ferramentas de ajuste no headset e nas lentes para tornar a experiência mais confortável - até mesmo para quem usa óculos de grau. Também há um fone de ouvido integrado.

Plataforma: PC (veja os requisitos mínimos aqui);
Preço: US$600 nos Estados Unidos, não é vendido oficialmente no Brasil;
Método de interação: Controle de Xbox One - incluso na caixa - ou Oculus Touch, seu controle de movimento proprietário que será lançado ainda em 2016;
Jogos mostrados na E3 2016: Serious Sam VR: The Last Hope (eventualmente), Killing Floor: Incursion, Star Trek: Bridge Crew e Superhot VR.

HTC Vive



Resultado entre uma parceria da Valve com a HTC, é o dispositivo mais avançando dos três ao incluir sensores de movimento no pacote. Enquanto isso significa dedicar um quarto na sua casa, também torna-se possível andar pelos espaços virtuais ao invés de utilizar um controle.

Falando nisso, os controles de movimento são parte integral da experiência e já contam com suporte em vários jogos, já que a Valve incentiva os desenvolvedores a utilizarem a tecnologia - assim como faz a Oculus VR.

Plataforma: PC (veja os requisitos mínimos aqui);
Preço: US$800 nos Estados Unidos, não é vendido oficialmente no Brasil;
Método de interação: Controles de movimento inclusos no pacote;
Jogos mostrados na E3 2016: Serious Sam VR: The Last Hope, Doom VR, Killing Floor: Incursion (eventualmente), Star Trek: Bridge Crew e Fallout 4 VR.

PlayStation VR



Única opção disponível para consoles até o momento, o PlayStation VR é dispositivo de realidade virtual da Sony que está sendo fortemente empurrado pela empresa. O aparelho utiliza a câmera do console para registrar os movimentos da cabeça do usuário e processa todas as imagens em uma pequena caixa externa ao videogame.

Por utilizar a PlayStation Camera e o PlayStation Move, acaba criando gastos além do headset porém, diferente das outras opções, não requer um PC poderoso para ser utilizado, o que pode ser uma vantagem para alguns. Por outro lado, também é a única alternativa que ainda não está disponível no mercado, com seu lançamento marcado para 13 de outubro.

Plataforma: PlayStation 4
Preço: US$400 sozinho e US$500 com o PS Move, câmera e o jogo PlayStation VR Worlds nos Estados Unidos, no Brasil ainda não há previsão para a chegada porém a Sony já afirmou que planeja lançar na América Latina;
Método de interação: Controle Dualshock 4 ou PlayStation Move (vendido separadamente);
Jogos mostrados na E3 2016: Batman: Arkham VR, Star Wars: Battlefront X-Wing VR Mission, Final Fantasy XV: VR Experience, Resident Evil 7, Here They Lie, Farpoint e Star Trek: Bridge Crew.



Via:omelete
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário