sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Chris Evans não será mais o Capitão América no cinema! Mas calma



Capitão América 3 pode ter sido ainda mais importante do que a gente imagina para o universo cinematográfico da Marvel, após declarações de Joe Russo, Co-Diretor de Guerra Civil. Conversando com o site Huffington Post, ele confirmou que Steve Rogers não é mais o Capitão América.

Mas calma meu amigo, pelo visto, Steve Rogers não brigou com ninguém e nem está pensando em deixar o universo da Marvel. Tudo indica que depois daquele final em que Rogers abandona o escudo – cena que eu achei bem mais ou menos por sinal -, uma grande mudança pode ocorrer com o personagem. Veja o que Russo disse:

“Acho que ele derrubar o escudo é ele deixando a identidade. É ele admitindo que certamente a identidade do Capitão está em conflito, com a escolha totalmente pessoal que ele estava tomando”.

O diretor tratou de enfatizar que Steve Rogers, interpretado por Chris Evans, estará em Guerra Infinita e o site que divulgou a declaração de Russo tratou de lembrar que Christopher Markus e Stephen McFeely disseram que os Vingadores vão precisar de toda a ajuda possível para enfrentar Thanos, inclusive ex-heróis.

O site CBR interpretou a declaração de Russo da seguinte maneira: Este pode ser o momento para a Marvel introduzir o Nômade, nova identidade secreta que Steve Rogers adotou quando abandonou o manto de Capitão América nos quadrinhos. Outra boa observação é: se Rogers não é mais o Capitão, poderemos ver outro personagem assumindo essa identidade, como o Falcão ou até mesmo o Soldado Invernal?

Esta saída e a aparição do Nômade pode também eliminar a possibilidade da Marvel ter que tratar da Morte do Capitão América neste momento, podendo colocar essa parte da história dos quadrinhos somente quando Chris Evans não quiser mais saber de ser Steve Rogers no cinema, se é que isso vai acontecer um dia.

Tudo parece muito interessante, mas só saberemos como será o desenrolar da história em 2018, quando Os Vingadores: Guerra Infinita chegar aos cinemas.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário