quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Superflex: conceito de traje com micromotores ajuda idosos a se moverem

 Um novo conceito de traje apresentado durante a exibição “New Old” do London Design Museum promete ser uma proposta bastante promissora para o futuro das roupas para idosos. E o que há de interessante nela? Simples: trata-se de uma mistura entre vestes de tecido e um exoesqueleto, capaz de ajudar pessoas a executarem movimentos.
Com o nome de Superflex, a roupa foi projetada pelo designer Yves Béhar e pela equipe de projeto da FuseProject com o objetivo de auxiliar idosos a realizarem tarefas simples que, em idades mais avançadas, tornam-se um verdadeiro desafio. Para isso, o traje utiliza vários micromotores espalhados pelas pernas e costas, que identificam automaticamente o movimento executado pelo usuário e oferecem força e sustentação extras para a ação.
Acima, o traje Superflex, em uso
Tudo isso, vale notar, vem na forma de um traje leve e que, como as imagens abaixo mostram bem, trazem um visual futurista bastante interessante.
A ideia, com isso, é não apenas dar mais independência para quem utiliza o Superflex, mas também permitir que elas exercitem seus músculos e, eventualmente, acabem por precisar cada vez menos deles.
“Quando nós falamos sobre projetar para uma população mais velha, a abordagem padrão tem sido prover auxílio em casa”, disse Béhar ao site VentureBeat. “Mas e se a tecnologia pudesse nos ajudar a continuar nos mover pelo mundo e interagir com ele, fisicamente, socialmente e emocionalmente?”, questionou o designer.
“Essa é a pergunta que o Superflex está respondendo com o conceito de seu Vestuário Motorizado: nos empoderar ao melhorar nossa habilidade física para que nós possamos continuar a viver ativamente”, continuou Béhar.
E se a tecnologia pudesse nos ajudar a continuar nos mover pelo mundo e interagir com ele, fisicamente, socialmente e emocionalmente?
Se esse é realmente o futuro dos trajes que veremos? Ainda é difícil de responder, visto que esse ainda é apenas um conceito. No entanto, ele mostra que, dentro de alguns anos, muitos problemas comuns da humanidade vão se resolver de maneiras impressionantes e simples. Resta agora esperarmos para ver qual o destino disso.
Via: tecmundo
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário