quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Sony quer mais competição no mercado VR e diz que Switch não afetou vendas

Resultado de imagem para mercado VR

Em entrevista ao Reuters, Andrew House, o Global CEO e o presidente da Sony Interactive Entertainment, comentou sobre o mercado de realidade virtual e sobre a divisão portátil – e como o Switch, console da Nintendo, impacta ou não os negócios da Sony.
Recomendado para você

Primeiramente, Andrew House fez uma reflexão sobre o PlayStaton VR. De acordo com o CEO, o que falta para a área de realidade virtual é uma competição mais acirrada, pois a Sony não está confortável em ser a líder do mercado e ter poucos concorrentes. Atualmente, o PS VR tem um pouco mais de um milhão de cópias vendidas, o que não é muito perto dos 60 milhões de PS4.
PlayStation VR, PS VR, jogo

PlayStation VR, PS VR, jogo

Porém, em comparação com o Oculus Rift e o HTC Vive, o acessório ainda está bem na frente. E, de acordo com a empresa, a diferença de vendas entre eles e a falta de competição fez com o que mercado ainda não tenha amadurecido.
Por fim, House comentou sobre o Nintendo Switch, mas talvez o foco tenha sido no modo dock do console, e não no portátil, pois o presidente da Sony disse que o novo console da Big N não impactou nas vendas do PlayStation (provavelmente se referindo ao PS4), mas nada foi citado sobre o PS Vita.

Via: tecmundo
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário