sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Como usar o Files Go: app do Google limpa celular e organiza seus arquivos



(Foto: Reprodução)
No início da semana, a Intel anunciou parceria para lançar um chip utilizando uma GPU integrada da arquirrival AMD, mas a notícia mais importante envolvendo as duas empresas é que a Intel contratou o arquiteto-chefe de GPUs da AMD com o objetivo de produzir chips gráficos com o objetivo de criar placas de vídeo dedicadas.

Raja Koduri, que se desligou da AMD na terça-feira, 7, teve sua contratação anunciada nesta quinta-feira, 9, pela Intel. Na nova empresa, ele será vice-presidente sênior de uma nova divisão, chamada de “Core and Visual Computing”, que produzirá componentes gráficos tanto para a Internet das Coisas quanto para placas de vídeo avançadas.

A aposta é importante para a Intel, que já tentou algumas vezes entrar no mercado de GPUs dedicadas, mas nunca teve sucesso. A primeira tentativa foi em 1998, com a placa 740; um tempo depois, a empresa criou o projeto Larrabee, que acabou nunca sendo lançado como uma placa dedicada e ganhou uma nova função, precedendo os chips Xeon Phi, usados prioritariamente em servidores.
No início da semana, a Intel anunciou parceria para lançar um chip utilizando uma GPU integrada da arquirrival AMD, mas a notícia mais importante envolvendo as duas empresas é que a Intel contratou o arquiteto-chefe de GPUs da AMD com o objetivo de produzir chips gráficos com o objetivo de criar placas de vídeo dedicadas.

Raja Koduri, que se desligou da AMD na terça-feira, 7, teve sua contratação anunciada nesta quinta-feira, 9, pela Intel. Na nova empresa, ele será vice-presidente sênior de uma nova divisão, chamada de “Core and Visual Computing”, que produzirá componentes gráficos tanto para a Internet das Coisas quanto para placas de vídeo avançadas.

A aposta é importante para a Intel, que já tentou algumas vezes entrar no mercado de GPUs dedicadas, mas nunca teve sucesso. A primeira tentativa foi em 1998, com a placa 740; um tempo depois, a empresa criou o projeto Larrabee, que acabou nunca sendo lançado como uma placa dedicada e ganhou uma nova função, precedendo os chips Xeon Phi, usados prioritariamente em servidores.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário